Camara de Gaia ajuda a pagar renda de casa

  • by

 

Em declarações aos jornalistas à margem do seminário ‘Habitação Social: Presente e Futuro’, que decorre esta terça-feira em Gaia, a vereadora adjunta para a área da Ação Social, Elisa Cidade Oliveira, explicou que em causa estão aqueles agregados familiares que “têm dificuldade para arrendar no mercado normal”, mas “estão um bocadinho acima daquilo que é exigido para terem direito a uma habitação social”.

Na prática, a autarquia disponibilizar-se-á para, ao longo de seis meses, comparticipar a renda de casa e ao mesmo tempo fazer uma intervenção juntos dos beneficiários, capacitando-os para que depois possam reassumir a tarefa de pagamento integral da prestação.

“São pessoas que também precisam de ajuda. Esta ajuda não é isolada. É uma medida integrada em rede com apoio e medidas por trás para as pessoas poderem ao fim desse tempo suportar a renda”, descreveu a autarca.

A medida insere-se no programa camarário “Gaia + Inclusivo” devendo arrancar em junho com uma dotação de 60 mil euros.

Elisa Cidade Oliveira admitiu que a verba poderá ser revista depois de testado o programa-piloto e avaliada a procura, sendo que caberá às técnicas sociais das juntas de freguesia sinalizar as pessoas que poderão beneficiar desta medida.

Quanto a casos em que a capacitação, pelo emprego por exemplo, não se revele possível ao longo dos seis meses, a vereadora garantiu que “tudo irá sendo reavaliado” porque, frisou, “no final desse período não se deixará pura e simplesmente de acompanhar as pessoas”.

Este projeto visa todo o território de Gaia.

 

Fonte: Porto24