Polícia Municipal tem nova casa

  • by
Instalações na Rua Teixeira Lopes permitem mais e melhores serviços de proximidade
17-11-2015

A Polícia Municipal de Gaia já ocupou as novas instalações, na Rua Teixeira Lopes, em pleno centro urbano. A mudança permite maior proximidade dos cidadãos e melhor prestação dos serviços à comunidade.

A nova esquadra resulta da remodelação de um edifício pré-existente, antiga Gaianima, e representa um investimento de 100 mil euros. Uma adaptação minimalista permitiu adequar os espaços ao atendimento público, com condições de acessibilidades para pessoas com mobilidade reduzida.

Esta intervenção no contexto da segurança e proteção civil integrava o leque de prioridades definidas pela Câmara de Gaia e, por isso, o seu presidente, Eduardo Vítor Rodrigues, decidiu avançar com a obra mesmo sem recurso aos fundos comunitários.

Depois da aquisição do Veículo Urbano de Combate a Incêndios, da renovação da frota da Polícia Municipal, da renovação do fardamento e proposta para uma nova recruta dos Sapadores, chegou agora a vez da prometida mudança de instalações da PM.

“Logo que fecharmos o processo de recruta para os Sapadores, que é prioritária porque está em causa a sobrevivência dos bombeiros, e depois de fechado e processo contratação de animadores para as escolas EB 1 e JI, vamos avançar com a reabilitação do quartel dos Sapadores e para o reforço dos efetivos da Polícia Municipal”, anunciou Eduardo Vítor Rodrigues, durante a inauguração das novas instalações.

A criação da Polícia Municipal de Gaia, há quinze anos, “foi um êxito”, considerou José Guilherme Aguiar, vereador da Proteção Civil. “Este equipamento só existe para servir os objetivos desta força de segurança perante a comunidade. Temos bons agentes, um bom comando e vontade de continuar a servir a nossa comunidade”, acrescentou.

O novo equipamento trará, além de mais proximidade, uma maior amplitude da ação dos serviços, estando em processo a instalação de uma central integrada que permitirá ligar todas as centrais de alarme dos edifícios municipais e dispõe de condições condignas de atendimento aos munícipes, segundo anunciou Telmo Moreira, comandante da PM.

“Espera-se, agora, que a administração central reveja toda a lógica das Policias Municipais, dotando-as de mais e melhores meios, com vista ao desenvolvimento das suas atividades, bem como definir a especificidade das carreiras de polícia, adaptando-as definitivamente”, acrescentou o comandante.